Okie Dokie Doo , estreia em 1 de julho em SP e promete conquistar a galera

No dia 1º de Julho a Okie Dokie Doo faz show de lançamento em São Paulo tocando Beatles em diversos ritmos, representando a primeira temporada de vídeos que está sendo disponibilizada no seu canal do youtube. Para este show o trio Wagner Vallim, Rafa Godoi e Ikke Flesch contarão com o suporte da banda Triskell.




Serviço:
Okie Dokie Doo - Estréia
01/07/2017
The Orleans
Rua girassol 398
21h
couvert - $30
desconto lista - $20

Mídias:

facebook: www.facebook.com/okdkdoo
youtube: www.youtube.com/okiedokiedoo

Itens do Lançamento de Sgt Pepper´s no Brasil

Olá Pessoal eu vou relacionar os itens referente ao disco Sgt Pepper´s lançados ou que chegaram no Brasil á todos nós.

1) Este primeiro item é o dvd de um programa da tv granada comemorativo aos 20 anos de seu lançamento .
No Brasil foi apresentado pela tv cultura em 2 programas de uma hora, ora legendado ou ora dublado.

2) Este segundo dvd, o famoso Making of Sgt Pepper´s foi apresentado pela Tv Bandeirantes.
Esta edição contem  este Dvd Legendado em Portugues e tem de bônus o Musical Sgt Peppers, musical com os Bee Gees, Peter Frampton,Alice Cooper e outros.
Finalizando com os clipes do Rock Band.

3) Este terceiro dvd faz parte do lançamento 2017 comemorando os 50 anos.
É um Audio dvd, traz clipes digitalizados e musicas tambem.
Material com edição em Ingles e Japonês.
Disponível somente para quem comprar o Box.


Temos ainda uma Coleção Super Importante em 6 cds.





Prá Finalizar o Melhor Programa de todos os tempos, tambem da Tv Inglesa e apresentado no Brasil pelo CANAL BIS.
Um Programa de uma hora de duração aonde mostra passo a passo como foi criada cada musica sdo Disco, com detalhes técnicos nunca mostradas.

Em Uma edição Especial, Legendada em Portugues e Ingles.


Maior Tributo aos Beatles chega a Fortaleza com exposição de instrumentos originais


Maior tributo aos Beatles chega a Fortaleza com exposição de instrumentos originais

Considerada a homenagem mais fiel ao quarteto de Liverpool, Beatles Abbey Road passa pela capital em 28 de maio



















Um espetáculo cênico-musical de encher os olhos e agradar aos ouvidos chega em Fortaleza no próximo dia 28 de maio. A Beatles Abbey Road, considerada a banda tributo mais fiel aos “Fab Four” no Brasil, se apresentará no Teatro RIOMAR. No entanto, quem quiser conferir um pouco da história da banda antes do espetáculo, terá a oportunidade de conhecer as guitarras usadas no palco e que são idênticas às originais. A exposição dos instrumentos estará aberta ao público no dia 27, no Shopping RioMar.

Os paulistanos são conhecidos internacionalmente por sua fidelidade ao interpretar toda a singularidade da banda inglesa. Além dos recursos multimídia que transportam os fãs de volta ao passado, o quarteto apresenta ainda instrumentos musicais idênticos aos originais, como as guitarras Rickenbacker empunhadas no início da carreira dos “Besouros”.

O figurino é outro detalhe importantíssimo, já que chega a extremos em seus detalhes: há pulseiras, relógios e alianças usadas por John, Paulo, George e Ringo. Enquanto a banda está no palco, também não se ouve nenhuma palavra em português. “Nós interpretamos com o máximo de fidelidade, inclusive na conversa com o público”, conta Maury D’Ambrosio, fundador do grupo que já completa 26 anos.

Reconhecimento Internacional
A fidelidade e capricho da Beatles Abbey Road já rendeu bons frutos, é a única representante brasileiro a tocar na Beatles Week, recebendo elogios do próprio George Martin, famoso produtor do conjunto e conhecido como o quinto Beatle.

Também foi na semana dedicada aos fãs da banda, em Liverpool,  que a Beatles Abbey Road abriu o evento com uma apresentação nos estúdios EMI, gravando também um CD ao vivo no local, utilizando a aparelhagem de som original dos ídolos ingleses.

O elenco
O grupo paulistano surgiu no final da década de 1980, durante um encontro de Beatlemaníanos. Atualmente, a banda é formada por Carlos Picchi (Ringo Star), Maury D’Ambrosio (George Harrison), Ricardo Junior (Paul McCartney) e Luis Fernando Gomes (John Lennon).


Os Instrumentos
Um show à parte são os instrumentos utilizados nos espetáculos. Apontado como a melhor banda Beatles do Brasil, o grupo possui uma coleção autêntica de instrumentos e figurinos. Entre os destaques estão: três violões (Martin, Gibson e Epiphone) e uma bateria Black Oyster (1965).

Produção
A ABR Produções é a responsável pela produção do tributo. Segundo o produtor e também integrante da banda, Carlos Picchi, o espetáculo faz o público imergir no universo dos Beatles. “ Até mesmo quem nunca teve a oportunidade de vê-los pessoalmente tem a nítida sensação de que está vendo o quarteto ali, em carne e osso”.

Serviço - Exposição de Guitarras - Beatles Abbey Road
Data: 27 de maio
Local: Shopping RioMar
Endereço: Rua Lauro Nogueira, 1500 - Papicu - Fortaleza, CE.
Horário: Durante o expediente do Shopping
Ingressos: Gratuito

Serviço - Beatles Abbey Road
Data: 28 de maio
Local: Teatro RIOMAR
Endereço: Rua Lauro Nogueira, 1500 loja 3001 – L3 - Papicu, Fortaleza - CE, 60175-055
Horário: 20h
Classificação: Livre
Ingressos: Plateia Alta - R$100,00
Plateia Baixa B - R$ 120,00
Plateia Baixa A - R$140,00

Fonte | ABR Produções
Atendimento: Manuella Tavares - MTB: 0076738/SP
(11) 99292-2457

REPASSANDO TODAS AS INFORMAÇÕES..............

Paul McCartney no Brasil: pré-venda começa na sexta, 5 de maio; venda geral três dias depois. Confira os preços…

>>
201014paul
Foram divulgados os preços e demais detalhes da venda de ingressos para três dos quatro shows de Paul McCartney no Brasil, em outubro.
Nos dias 5 e 6 de maio, sexta e sábado agora, será iniciada a pré-venda, exclusiva para clientes de cartões com bandeira Elo. A venda terá início na internet no primeiro minuto de sexta-feira.
Também na sexta, às 10h, começa a venda física na bilheteria oficial de Porto Alegre (sem taxa de conveniência – Estádio Beira-Rio), e meio-dia nas bilheterias oficiais de São Paulo (sem taxa de conveniência – Citibank Hall) e Belo Horizonte (sem taxa de conveniência – BH Hall), além dos pontos de venda da Time For Fun espalhados pelo país.
A venda geral começa no primeiro minuto de segunda-feira, 8 de maio, pela internet, e às 10h nas bilheterias físicas. A compra poderá ser parcelada em até 5X para clientes cartão Elo durante o período da pré-venda exclusiva. Após o período de pré-venda, os clientes cartão Elo poderão parcelar a compra do ingresso em até 3X. Na venda geral, os ingressos poderão ser parcelados em até 2x (demais bandeiras de cartão de crédito).
Os preços para o show de Salvador serão divulgados em breve. Abaixo, as datas e os valores de Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte.
PAUL McCARTNEY NO BRASIL – 2017
Sexta-feira, 13 de outubro – Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
Domingo, 15 de outubro – Allianz Parque, São Paulo
Terça-feira, 17 de outubro – Estádio do Mineirão, Belo Horizonte
Sexta-feira, 20 de outubro – Itaipava Arena Fonte Nova, Salvador

PORTO ALEGRE
unnamed (3)

SÃO PAULO
unnamed (4)

BELO HORIZONTE
unnamed (5)

Voce Conhece os Canibais ?

Os Canibais - Antologia (1966-1974)

Coletânea traz "Gipsy woman”, tema internacional da novela “Explode coração”, de 1995

A banda Os Canibais, formada no final de 1964, no Rio de Janeiro, perdeu espaço na mídia nos anos 70, assim como vários contemporâneos da Jovem Guarda. Gravou o último compacto simples em 1974, mas seus componentes – amigos de longa data – mantiveram a relação e retornaram em 2006 com o CD “Vintage – A máquina do tempo”, disponibilizado no site da banda para download. Esta antologia traz todas as gravações da primeira fase do grupo, desde o primeiro compacto simples em 1966 até as duas músicas do último single em 1974, além da canção “Gipsy woman”, gravada especialmente para a trilha internacional da novela “Explode coração” em 1995. Destacam-se, entre as faixas, as duas marchas – “Carnaval...sa é legal” e “Vem Cinderela” – lançadas para o carnaval de 1968.

Tudo começou por volta do final de 1964 no pátio do Colégio Estadual Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, região onde moravam os componentes da sua primeira formação. Originalmente fundado por dois executivos do mercado do disco: Aramis Barros (ex Som Livre) e Max Pierre (Universal), Os Canibais de hoje ainda têm da sua antiga formação - além de Aramis Barros nos vocais e violão -, o Mauro Machado Jr na guitarra e o Roosevelt no órgão e piano. A nova geração de Canibais se completa com Michel “Yogi” Barros no baixo, Roberto Lopes nos teclados e Cosme de Abreu na bateria.

A banda surgiu em meio a Jovem Guarda. Foi uma das raras bandas de rock nacional a ter bastante exposição graças a participações seguidas em programas jovens que passavam a surgir na televisão. Revelados em um destes programas, Festa do Bolinha, de Jair Taumaturgo, esta banda carioca se tornou um dos mais respeitados grupos de bailes do então estado da Guanabara. Uma excursão pelo Norte e Nordeste acaba rendendo um contrato com o selo Mocambo, de Recife. Com lançamentos a partir de 1966 pelo selo Rozenblit, chegam às lojas os primeiros singles, quase todos com versões em português de material estrangeiro. O primeiro destes foi “Eu não me enganei” (We can work it out) e Para o meu bem (Ticket to ride), dos Beatles.

Entre outros títulos estão “Lá, lá, lá”, primeiro lugar do Festival Eurovisão de 1968, “Descubram Onde Meu Bem Está,” versão de “Wonder Where My Baby is Tonight” (dos Kinks), “Quase Fico Nú”, versão de “Everything You Do” (dos Searchers) e “Felizes Juntinhos”, versão do clássico dos Turtles, “Happy Together”. A banda gravou apenas um LP homônimo em 1967. Em 1970, Os Canibais gravam para a Polydor a canção “Hoje é dia de rock”, de Zé Rodrix, mas o material acaba não sendo lançado e a gravadora não assina contrato com o grupo.

Com a virada da década, o grupo segue as influências da época, onde o rock nacional pós Tropicalismo espelhava cada vez mais em Os Mutantes. Foi nesse cenário que a banda grava em 1972 um LP com novo nome, Bango, álbum que passou despercebido e ao longo dos anos passou a ser muito procurado por colecionadores. O grupo ainda chegou a colocar no mercado um último compacto simples em 1974 pela Musidisc antes de encerrar atividades.

01. 1966 - Eu não me enganei (We can work it out)
02. 1966 - Para o meu bem (Ticket to ride)
03. 1966 - Gina
04. 1966 - Sou canibal
05. 1967 - O prego (Love me, kiss me)
06. 1967 - Felizes juntinhos (Happy together)
07. 1967 - Carnaval...sa é legal (marcha)
08. 1967 - Vem Cinderela (marcha)
09. 1967 - Lindo sonho
10. 1967 - Um milagre aconteceu (Magic potion)
11. 1967 - Garota teimosa (Time won't let me)
12. 1967 - Quase fico nu (Everything you do)
13. 1967 - Ao meu amor
14. 1967 - A praça
15. 1967 - Descubram onde o meu bem está (Wonder were my baby is tonight)
16. 1967 - Se você quer (See me back)
17. 1967 - Nosso romance
18. 1968 - Lá lá lá
19. 1968 - Pense só em mim
20. 1969 – Reencontro
21. 1969 - Você não vai
22. 1974 - Hoje, amanhã
23. 1974 - Canção de um homem na estrada
24. 1995 - Gipsy woman (Tema da novela Explode coração)

LINK PRA BAIXAR O ARQUIVO :  http://kiwi6.com/file/3tj43am5q9

+ um idolo que se vai....................

Cidade de Santa Cruz (RS)
IGNORAVA QUE BELCHIOR MORAVA LÁ 

Quanto a notícia da morte de Belchior começou
a circular eu telefonei para a Rádio Gazeta de
Santa Cruz do Sul, pertencente ao Grupo
Gazeta que inclui jornais e portal. O radialista
com quem conversei ignorava que Belchior
residia no município. Segue abaixo o texto
publicado na edição on line da Gazeta.

MISTÉRIO NA CIDADE
A morte do cantor Belchior na manhã deste
domingo, 30, causou comoção em todo o Brasil,
especialmente nos santa-cruzenses, que, com a
notícia, descobriram que o cantor estava morando
no município. O artista residia há seis meses em
uma casa no Bairro Santo Inácio, na qual faleceu
nesta manhã. Segundo os vizinhos, ele levava uma
vida muito discreta e poucos sabiam
de fato que o cantor vivia lai.
Juliana Bender de Souza, que mora na mesma rua
em que vivia o cantor, soube esta manhã que era
Belchior quem residia na casa.
Segundo ela, desde que a antiga moradora se
mudou ela percebeu movimentação na residência
em duas oportunidades: uma vez que viu as janelas
abertas e outra na qual notou as luzes ligadas.
"Eu era muito fã. Fiquei chateada de saber que ele
vivia assim, tão recluso", lamentou.
Roque Mueller, que também era vizinho do cantor,
já havia ouvido rumores de que o morador daquela
residência era Belchior.
Ele também contou que Belchior levava uma vida
muito discreta e que havia pouca movimentação
na casa. "Eu lamento. Seria bom ter sabido que era
ele, ter feito um churrasco com ele, por exemplo",
lamentou.
"Belchior era um mistério para a vizinhança.
Ninguém sabe ou tem certeza de nada",
completou.
Até por volta das 14 horas o corpo permanecia
na residência aguardando remoção ao IML.
TEXTO
Portal Grupo Gazeta do Sul (RS)
FOTOS
Rodrigo Assman
Paola Severo

Conheçam o Brazilian Bitles


The Brazilian Bitles ‎– Vol. 2 (LP 1967)

domingo, 30 de abril de 2017



The Brazilian Bitles ‎– Vol. 2 (LP Polydor ‎– LPNG 44.008, set. 1967).
Género: Jovem Guarda, Beat, Rock de Garagem.


The Brazilian Bitles foi o conjunto de rock, carioca, formado em 1965, a partir do núcleo de outra banda da época The Dangers em que participavam o guitarrista Vitor Trucco e o cantor e guitarrista Jorge Eduardo.
The Brazilian Bitles tinha na sua formação original Vitor Trucco (guitarra solo e depois baixo), Luiz Toth (bateria), Fábio Block (baixo, depois guitarra), Jorge Eduardo de Almeida (voz e guitarra ritmo) e Eliseu da Silva Barra, o Ely Barra (vocalista e teclados).
Com canções modernas em clima beat/psicadélico e uma boa dose de romantismo nas baladas, causou sensação, e músicas como "Dedicado a quem amei", "Deixe em paz meu coração" ou "Cabelos longos, ideias curtas", foram sucessos radiofónicos instantâneos.
O grupo é sem dúvida, uma das bandas mais emblemáticas e pouco reconhecidas do rock brasileiro. Tanto pelo nome como pelo repertório, é directamente vinculada à "Beatlemania" e à Jovem Guarda. De facto, a banda foi uma das primeiras a introduzir o som dos Beatles na cena carioca. 
No final de 1967 lançaram o seu segundo disco "The Brazilian Bitles - Volume 2" (Polydor). Neste disco a banda presta uma homenagem a um dos ícones do rock brasileiro dos anos 50, Albert Pavão, ao regravarem o clássico "Filhinho do Papai", lançada como faixa de abertura do LP.
A biografia desta excelente banda brasileira já se encontra inserida neste blogue.


Faixas/Tracklist:

A1 Filhinho do Papai (Albert Pavão, Theotônio Pavão)
A2 Canção de Quem Está Só (Fábio Block)
A3 Por Acaso (Fábio Block)
A4 Não Precisa Chorar (Fábio Block)
A5 Como É Bom Saber (Esteban)
A6 Deixe Em Paz Meu Coração (Fábio Block)
B1 Gata (Wild Thing) (C. Taylor, Luiz Toth)
B2 Longe de Você (Fábio Block)
B3 Você É Chata Demais (Seixas, Fábio Block)
B4 Eu E Você (Fábio Block, Vitor Trucco)
B5 Pára, Pedro (José Mendes, José Portela Dalavy)

saiba mais.Tony Sheridan And The Beat Brothers ‎– My Bonnie (LP 1962)...




Tony Sheridan And The Beat Brothers ‎– My Bonnie (LP Polydor ‎– SLPHM 46612, Polydor ‎– 237 112, 1962) - LP gravado em 1961 e lançado em abril de 1962.
Produtor – Bert Kämpfert.
Género: Rock, Beat.



My Bonnie é um álbum de 1962 do músico de rock inglês Tony Sheridan. 
Sheridan, estava nessa época tocando em clubes em Hamburgo com os Beatles, foi descoberto pelo produtor Bert Kaempfert e posteriormente assinou com ele para gravar. Entre outras, Sheridan gravou várias músicas com os Beatles, duas das quais foram lançadas mais tarde como single. 
Tony Sheridan, nome artístico de Anthony Esmond O'Sheridan McGinnity (Norwich, 21 de maio de 1940 — Hamburgo, 16 de fevereiro de 2013) foi um guitarrista e compositor britânico.
Sheridan, já em 1957/58, fez excursões pelo Reino Unido com artistas americanos como Conway Twitty, Gene Vicent e Eddie Cochran. No final dos anos 50, tornou-se pioneiro, aos ser o primeiro artista a tocar com uma guitarra elétrica num programa ao vivo na TV britânica.
No início dos anos 60, Tony Sheridan tocou com várias bandas de apoio, de entre as The Beatles. Esta convivência foi considerada muito importante na carreira dos quatro rapazes de Liverpool. Em 1961, Tony gravou juntamente com os Beatles diversos títulos para a gravadora Polydor, que originou o álbum Tony Sheridan and The Beatles, de onde se destaca o sucesso "My Bonnie".
Ainda em 1961, quando os Beatles ainda eram apenas mais uma banda a tentar conquistar o seu espaço, o grupo voltou à Alemanha para o seu segundo período de trabalho em Hamburgo no Top Ten Club. No ano anterior eles tinham lá conhecido outro músico inglês, Tony Sheridan, que foi um dos primeiros roqueiros ingleses a desbravar a cidade portuária alemã, e conseguiu tornar-se uma famosa estrela para o publico que frequentava os bares e os clubes da Reeperbahn.
A empatia musical entre Sheridan e os Beatles mostrou-se ser bem explosiva e dinâmica nessas ocasiões em que estes dividiam o palco no Top Ten, deixando o público completamente extasiado com essas "performaces". Isso chamou a atenção do produtor alemão Bert Kaempfert, da Polydor, que viu em Sheridan a chance de o lançar e contratou-o. Os Beatles foram contratados apenas como banda de apoio, já que Sheridan não tinha uma banda fixa.
No início dos anos 60, Tony Sheridan tocou com várias bandas de apoio, de entre elas The Beatles. Esta convivência foi considerada muito importante na carreira dos quatro rapazes de Liverpool. Em 1961, Tony gravou juntamente com os Beatles diversos títulos para a gravadora Polydor, que originou o álbum Tony Sheridan and The Beatles, de onde se destaca o sucesso "My Bonnie".
Como Tony Sheridan e os Beat Brothers, nestes registos o que se afirma é que nalgumas gravações tocavam 2 membros dos Beatles.


Faixas/Tracklist:

A1 My Bonnie (arranj. ertie, Sheridan, Trad.)
A2 Skinny Minny (Keefer, Haley, Cafra, Gabler)
A3 Whole Lot Of Shakin'Going On (Williams, Sonny) *
A4 I Know, Baby (Sheridan)
A5 You Are My Sunshine (Mitchell, Davis) 
A6 Ready Teddy (Calca, Blackwell)
B1 The Saints (When The Saints Go Marching In) (arranj. Bertie, Sheridan, Trad.)
B2 Hallelujah, I Love Her So (Charles)
B3 Let's Twist Again (Appell, Mann, Buchenkamp)
B4 Sweet Georgia Brown (Bernie, Casey, Pinkard) 
B5 Swanee River (arranj. Bones)
B6 Top Ten Twist (Homsen, Bones, Lüth, Sheridan)
Bonus:
B7 My Bonnie (sem introdução)

Nota: Faixas/Tracks nºs. 1 e 7: Sheridan é acompanhado por The Beatles

LP gravado em 22 Junho de 1961, nos Friedrich-Ebert-Halle e Studio Rahlstedt, Hamburgo, Alemanha e lançado em abril de 1962.

Starr Nelio e Luiz Lennon na RADIO STARTFM de São Paulo.

Isso mesmo o Luiz Lennon e o Starr Nelio estarão nesta quarta feira as 22 horas ao vivo  na Start Fm, na avenida Paulista

Acompanhe ao vivo pela www. Radiosrtartfm.com.br

Ligue e faça perguntas pelo whatsapp 11 99607 07 31

Contamos com a sua Participação.


Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Internet Designer | Blogge by iPosts - Premium Blogger Themes | Facebook Themes